04/11/2008

Yes you can!

"I´m asking you to believe.
Not just in my ability to bring about
real change in Washington... I´m
asking you to believe in yours."
Barack Obama

6 comentários:

Marçal disse...

Uma mensagem muito positiva deixada a cada um de nós no sentido de acreditar que somos capazes de superar as dificuldades que se nos deparam no quotidiano...

Anônimo disse...

Bonito, mas não esperemos milagres nos E.U.A..

Anônimo disse...

Nem de Portugal

Anônimo disse...

Os EUA são por natureza um país extremamente aterrorizado (muito pior que Portugal), desde 2001 esse clima aumentou drasticamente. Agora mal foi eleito Obama teme-se a sua morte, chegou-se ao ponto de Obama discursar numa caixa de vidro. Não digo que a atitude foi certa ou errada, mas transmite, claramente, um clima de grande insegurança. E eu pergunto como se sentirá Obama? Apesar de Obama, a meu ver, ser alguém que morreria pelo seu pai, a verdade é que antes de presidente e cidadão norte-americano Obama é homem e deve-se sentir, a meu ver, aterrorizado tal como os restantes cidadãos. Será que alguém aterrorizado pode tomar as rédeas de um país? Será que os EUA estão mesmo preparados para um presidente negro? Se sim, porque tanto medo que ele seja assassinado? Não foi unânime a sua vitória?

Anônimo disse...

enganei-me em cima, queria dizer país e não pai, como é obvio. Peço desculpa.

a3305 disse...

Não concordo que os EUA sejam um país aterrorizado. Pelo contrário, são um Povo orgulhoso e ciente da capacidade de influência que tem no Mundo e isso torna-os fortes. Tão fortes ao ponto de declarar guerra, invadir outros países, intimar obrigações, enfim, manipular tudo e todos... "de uma forma democrática". Obama, pelas caracterisiticas evidenciadas, é uma personalidade diria inabalável dada a sua origem e a vida que enfrentou. Uma vida que considero digna na medida em que se disponibilizou socialmente a ajudar os outros, outrora nos bairros sociais de Chicago, agora na Casa Branca. Ele não é um cidadão dos EUA, mas sim um cidadão do Mundo, porque é disso que se reveste um Presidente norte-americano.
A América está preparada para um Presidente negro, tal foi a demonstração nas urnas. E se a sua vida, por obra do acaso, sofrer um atentado, só o tornará mais forte ainda e torná-lo-á num ser imortal, à semelhança de outras figuras que também "tiveram um sonho". Ninguém está disposto a morrer por um País, mas sim por aquilo que esse País simboliza e pelos valores individuais que defende... aí é que se encontra a dignidade humana.