29/07/2008

Discurso Directo


“Solicitador pode ajudar a poupar dinheiro”

António Gomes da Cunha, Presidente da Câmara dos Solicitadores

Correio da Manhã - A Câmara dos Solicitadores diz que este ano vai "agitar águas" na ‘rentrée’. Como vão criar essa agitação?

António Gomes da Cunha – Vamos dar a conhecer a imagem do solicitador, algo que não é feito há mais de 80 anos. Queremos que o cidadão reconheça que tem no solicitador um profissional que o pode ajudar a tomar decisões e a poupar dinheiro.

CM - Acha que a imagem que existe do solicitador é negativa?
AGC - Não, mas pode ser reforçada, particularmente com as alterações introduzidas com o Simplex. As pessoas têm de perceber que já não precisam do notário para tudo. Há outros profissionais que podem dar o conselho jurídico.

CM - Como é que podem ajudar a poupar dinheiro?
AGC - Vamos apostar, entre outras coisas, na consultoria de prevenção. Os solicitadores são profissionais que podem aconselhar e encontrar uma solução para um qualquer litígio. E se os cidadãos recorrerem aos nossos serviços podem evitar que os casos cheguem a tribunal, o que pode representar uma boa poupança.

CM - Mas a aposta do Simplex passa pelo facto de o cidadão poder realizar várias operações pela internet.
AGC - Apesar dessa simplicidade, nem todos os portugueses são formados em Direito. Há regras para comprar uma casa, como processar os trâmites. São nesses casos, também, que o solicitador surge como uma mais-valia.

Pedro H. Gonçalves em entrevista ao Correio da Manhã

Um comentário:

2453 disse...

Bom,de facto o Simplex é fantástico e acabamos por gastar menos dinheiro com o processo de compra de uma casa.
Eu ainda há poucos meses fiz a escritura da minha casa e foram 20minutos e já está, mas todo o processo de preparação de dossier foi elaborado pelo solicitador do Banco que nunca tinha utilizado este sistema "Simplex".
Espero no futuro ser eu a tratar destes assuntos...